TOP 10: looks de NYC

21.12.2017

Chegamos em Nova Iorque por vota das 10h da manhã, depois de um voo supimpa. Todo o trajeto Natal-SP-NYC durou pouco mais de 14h. Nossa conexão em São Paulo foi de uma hora e meia. Com o soninho da noite, chegamos bem dispostos para passear. O tempo estava ótimo, céu sem nuvens e uma temperatura de 26°C. Tirei o suéter e passei o dia de camisa polo. 

O dia seguinte começou com uma corridinha no Central Park. Era o dia da maratona de NYC e havia atletas do mundo inteiro competindo. Um vai e vem frenético de pessoas, do jeito que a gente só vê naquela cidade. Muito policiamento também, já que poucos dias antes, houve um atropelamento terrorista que deixou oito mortos e 11 pessoas feridas às vésperas da 44ª Parada de Halloween.

Parei para fazer uma foto à beira do lago depois que os atletas passaram correndo. O dia estava lindo, com o sol mostrando as cores mais incríveis das folhas prestes a cair. Adoro esse amarelado de outono!

O dia seguinte continuava muito bom e era vez de passear pelo High Line Park. Optei pelo quimono de luta, todo customizado pelo querido estilista Marcelu Ferraz. Fui o primeiro a vestir uma peça da nova marca dele, a Simples Assim. A proposta handmade é muito interessante e valorizada sobretudo fora. Na gringa, quanto mais exclusivo, melhor.   

Fui parado dezenas de vezes, muitas mesmo. Gente que elogiava a roupa e até pedia para fotografar. Foi por isso que fiz uma foto de brincadeira, como se estivesse parando o trânsito. #soudesses

Sobre o High Line, já escrevi outras vezes. Clique aqui para dar uma sacada no espaço. 

O all black veio com rosas vermelhas, também bordadas. Essa calça foi um presente da estilista Juraci Lira, que comprou a peça em Milão. Já usei um par de vezes e não me canso. É daquelas que a gente nunca se desfaz. 

Dia livre de passeio no início da semana e, claro, fomos dar uma volta pelo Central Park. Look bem mais outonal, com cores e destaque para o trench coat da Michael Kors que eu adoro e levo para muitas viagens.  

Gosto de usar esse tipo de peça com pelo menos uma cor mais vibrante e, nesse dia, elegi o vermelho para me representar. Tênis confortável da New Balance para bater perna sem cansar. 

Sobre tênis de viagem também já falei aqui

O frio apertou no dia seguinte e corri para comprar um abrigo mais parrudo. Esse de lã é da Zara e me custou US$ 299. Bem carinho para a marca (e nossa moeda na proporção de três e meio), mas com acabamento muito superior aos produtos que normalmente se encontra por lá. 

O dia era de passeio até a Brooklin Bridge e almoço em um dos restaurantes mais badalados atualmente em NYC, o Le Coucou. Prometo que conto sobre ele num próximo post!

Essa outra produção já era completamente nova-ioquina. A bomber é de uma marca que eu já conhecia, a Standard Issue. Ela juntava as duas maiores tendências que estou curtindo college & oriental.  

Os bordados dourados me ganharam de primeira e o tecido aveludado, com leve brilho, também fazia toda a diferença. Casei com calça chino preta, um sapato cheio de spike da Steve Madden e bolsa Armani.   

No dia de compras a roupa estava mais levinha. Não sei se dá pra perceber direito na foto, mas estou com uma jaqueta preta resinada e camiseta básica. Foi um dia sem muitas fotos, mas salvou essa aqui. A luz é por causa do local, o Panna Garden, restaurante indiano onde Anitta gravou clipe recentemente. Conheci o espaço faz uns dois anos e sempre volto por lá. 

Repetindo o casaco forever! A gente precisa aproveitar bem as roupas, principalmente durante as viagens. Espaço na mala é um luxo, né?

Fiz uma proposta com lenço diferente, que comprei numa viagem recente à Turquia e caprichei nos acessórios. Óculos da Goose e sapato com bordado, dando um tom mais moderno. 

 

Até deu para tirar o casaco em alguns momentos. Sempre que parava em algum lugar fechado, abusava da minha terceira peça (o casaco era a quarta). Esse colete também é um xodó, pela cor sóbria e o xadrez que dão com tudo. 

Distroyed era a aposta que mais estava rolando para os meninos por lá. Usei essa camiseta que é toda furada com fogo (!) com um blazer mais sofisticado, da Aramis. Gosto do efeito ótico que ele causa. De longe parece um marrom, mas, na verdade é bordô com preto, todo estampado. 

Enfim, essas foram algumas das produções que usei nesses 12 dias de andarilho. E que venham muito mais viagens em 2018!  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Destaque

O que comprar em promoção?

08.07.2019

1/6
Please reload

O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now