SPFW: Amor colore inverno 2016 de Ronaldo Fraga

20.10.2015

A história de amor contada por Ronaldo Fraga na passarela do São Paulo Fashion Week é poesia e realidade. A projeção de um coração científico desenhado pelo estilista é a primeira elucubração do inverno 2016 e aparece seguida do exagero melodramático experimentado por quem ama, com Pimpinela cantando “Olvidame y pega la vuelta” ao fundo, direto dos anos 1980, além de Jane e Herondi e clássicos do Tchaikovsky.

“Em tempo de guerra, falar de amor é um ato de subversão e resistência”, escreveu no convite, já adiantando o que seria apresentado. O primeiro ato, protagonizado por dois modelos me lembrou outra música, o “Sambinha bom”, de Mallu Magalhães: “Quero virar sua pele, quero fazer uma capa, quero tirar sua roupa.”

Foi com esse espírito que enxerguei o casal se despindo na frente do público. Os dois se acarinharam e vestiram um a roupa do outro, antes de dar espaço na cena para o restante da coleção. A roupa, claro, ampla e estruturada, tinha uma pegada unissex muito além da androginia. Mostra que, no amor, dois corpos podem ser um só.

O subversivo continuou a aparecer quando das veias daquele coração começaram a nascer cores e flores que transitavam entre as peças de tecido leve, com transparências e tules, branco e nude. Também na poesia do couro recortado a laser e nos poemas eróticos de Hilda Hilst, gravados nos tecidos. Um inverno inteligente, pensado para todo o Brasil e seu variado clima, sem dúvida.

 

Leia também:

Ronaldo Fraga e a cartomante de Paris

Moda, vetor cultural e econômico

O volume das mais pesadas, porém, marcou claramente a divisão das coleções. A ideia do estilista era transpor o conceito de roupa por gênero, tanto que inicialmente estavam no casting apenas homens, desfilando as duas linhas: masculino e feminino. Foi aí que, no lugar de saias fluidas, apareceram saias mais armadas e calças com blazer. Depois do desfile, Ronaldo revelou que “no backstage os modelos ficaram animadíssimos quando viram as saias. É muito bacana ver esse movimento, do querer participar de algo diferente.”

É claro que os homens não sairão de saias por aí no próximo ano. O desfile é a hora do estilista extravasar a criatividade, vender o conceito. E isso Ronaldo Fraga fez muito bem, apresentou de forma lírica o jogo de gêneros, assunto em alta no mundo fashion. A ideia é que, no amor, a proteção simbolizada pela roupa é a mesma para qualquer corpo. As saias vão aparecer nas ruas, como já têm surgido, mas é uma opção para poucos.

O tecido de flores foi o que mais me encantou. Muita gente só pensaria no jacquard em cortinas e sofás. E é aí que entra a liberdade de um artista, na hora de transpor ideias pré-concebidas para um lugar mais confortável, onde quase tudo é permitido.

Os tricôs feitos em algodão e seda – material confeccionado pelas artesãs da Vila da Seda, no Paraná, de onde a Hermès retira 30% dos seus fios de seda – também foram destaque. Felpudos, chegavam a parecer casulos que revelavam sutilmente a silhueta dos corpos.

O final foi emocionante, subversor até pra Jorge Amado, que deu dois maridos a Dona Flor. Ronaldo mostrou que há espaço numa mesma cama para todos os tipos de amores. Ao largo da passarela havia várias camas e em cada uma delas cinco modelos de conchinha. Cena linda e que arrancou aplausos e fez disparar muitos flashes.

 

Texto: Cristiano Félix

Fotos: Zé Takahashi (Ag. Fotosite) e Cristiano Félix

 

DESFILE

Direção criativa e styling: Ronaldo Fraga

Beleza: Marcos Costa

Direção: Roberta Marzolla

Trilha: Ton Garcia

Animação de vídeo: Bruno Ianni

Tema: O amor

Materiais: Seda, algodão, tule, bordados, passamanarias, tricôs de seda.

Please reload

Destaque

O que comprar em promoção?

08.07.2019

1/6
Please reload

O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now