Ronaldo Fraga e a cartomante de Paris

20.09.2015

Ronaldo Fraga é um estilista admirável. Não vive só da moda em si e vive a moda da maneira mais genuína, pesquisando as várias diferenças que temos pelos rincões desse país. É muito comum nessa área encontrar gente que aceite ser esmagada pelo rolo compressor da indústria, do fast fashion ao produto de luxo, e concorrer com o baixo valor de produção made in China, enquanto vivemos a burocracia na contratação de mão-de-obra e pagando alta carga tributária.

O estilista é também um empreendedor, apesar de muitos não acreditarem que a moda tão conceitual que ele produz possa ser considerada sucesso, em termos de venda. Mas foi a figura que mais me chamou atenção. Ronaldo Fraga tem uma personalidade cosmopolita, no último grau da palavra. Nasceu em Minas, morou quatro anos em Nova York, onde estudou na Parson's School, diz que gosta de viver em Belo Horizonte, mas mantêm um apartamento em São Paulo e se sente em casa em Londres. Talvez morasse em Lisboa também, quem sabe num futuro.

De tantos lugares no mundo ele diz que não gosta justamente de Paris, um dos principais centros de moda do mundo. Já tentou de tudo, até viver com franceses, nada deu certo. A única paragem interessante na capital francesa que guarda na memória é das visitas que fez a uma cartomante que revelou a ele sua vida passada como vendedor de tecidos no Líbano. Entre um atendimento e outro, desenhava modelos. Ele acreditou na história e até recomendou a senhora a uma amiga, Lili, proprietária de um bar em São Paulo.

O bar da Lili tem um ar meio alemão, meio cabarezístico. E ela um problema respiratório sem diagnóstico conclusivo, apesar de já ter passado por vários médicos. Recomendada por ele, Lili foi encontrar a cartomante em Paris que, sem qualquer intervenção, teria visto que ela estava sozinha num cabaré. Os garçons do bar não tinham ido trabalhar e os clientes também não iriam aparecer naquele dia. Era um período de guerra. Sozinha, Lili (ou sei lá que nome tinha na época), teria morrido três dias após uma coluna do bar cair sobre o seu peito, depois de o prédio ter sido atingido por uma bomba. Ela, claro, também acreditou.

Ronaldo Fraga é isso: uma mistura de histórias muito interessante de ver. Talvez por ser difícil de desvendar ou porque ele não pense igual a muita gente e, de quando em vez, aceite isso. O bigode, por exemplo, é uma homenagem a Eça de Queiroz. No passado era o que mais ele observava no personagem Dick Vigarista, do desenho Corrida Maluca. Eu continuo achando muito mais parecido com Salvador Dalí e sei que outros vão concordar comigo. Enfim, nós já descobrimos que a verdade de cada um pode ser diferente.

 

>> Veja também:

Ronaldo Fraga defende moda como vetor econômico e cultural

 

Opinião e fotos: Cristiano Félix

Please reload

Destaque

O que comprar em promoção?

08.07.2019

1/6
Please reload

O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now