Como escolher o tênis de viagem

23.08.2015

Seja um destino novo ou habitual, fazer a mala de viagem é quase sempre um exercício inglório de escolha. A gente olha a previsão do tempo, pensa que o clima pode mudar e quer levar de tudo, a roupa certa pra cada ocasião. Mas metade das ideias ficam pra trás por causa dos limites do excesso de bagagem.

O tempo e o exercício, claro, nos ensinam muita coisa. Eu já aprendi: a melhor roupa de viagem, meu caro, é a aquela que sempre está na sua mala. Na minha, por exemplo, seja qual for o destino, tem camisa jeans, calça chino, blazer e um bom par de tênis. Aliás, é sobre os pisantes que vamos falar hoje.

Não é preciso ser um viajante experiente pra saber que o melhor calçado pra bater perna é um par de tênis já amaciado, que não provoque bolhas ou calos. Que te faça andar com conforto, ainda que um escalda-pés no final do dia também ajude. 

De uns tempos pra cá, desde que descobri o New Balance e sua incrível capacidade de combinar com roupas mais formais, ele se tornou o meu preferido. Já tinha lido em muitos lugares que os modelos com uma pegada running são os melhores, mas nunca achava um que tivesse estilo e realmente fosse universal, usado em todos os lugares.

Os modelos de corrida, ao contrário do que muita gente pensa, são bem diferentes daqueles com molas ou amortecimento de ar. Normalmente eles tem uma sola mais plana, embora macia. Esse que estou usando na foto que abre a postagem, tirada ontem na Liberdade, em Sampa, não é específico para correr, mas dá pra fazer alguma atividade física com ele e sair pra um passeio bacana logo depois, no maior estilo. Há quem diga que ser total flex é tudo o que importa nessa vida; cria oportunidade, fique sabendo. 

Pra mim, o visual mais interessante é aquele que mescla uma cor neutra com outra vibrante. Escolhi o meu cinza com laranja, mas ando bem apaixonado – e vou fazer uma busca na próxima semana, quando estiver em NY – pelo modelo ML1980. Esse tênis foi criado a partir de dados biomecânicos sobre impacto, pressão e transição de pisadas, colhidos de corredores. 

Todas essa informações orientam a confecção dos tamanhos, a superfície de contorno e as paredes laterais em cinza. O tênis não tem aberturas de ventilação, mas o tecido é extremamente confortável e fresco, ajuda a não transpirar tanto. Ele é produzido com a tecnologia Fantom Fit, a partir de capas muito finas de material têxtil, sem aplicar nenhuma costura. A quem interessar possa: essa coleção chama-se Sweatshirt.

Ok, nós ainda não temos essa belezura que está disponível, por enquanto, apenas na gringa por cerca de R$ 490. Então, vamos a algumas dicas de como escolher o melhor tênis na hora de viajar.

 

Amacie seu pisante

Viajar com um tênis novo é a maior cilada. Ele pode ser lindo e estar super na moda, mas você não terá nenhuma garantia de que não fará bolhas e calos, acabando com sua viagem. É por isso que aquele mais surradinho é seu melhor companheiro. 

 

Escolha material flexível

Um tênis que permita seu pé respirar é sempre mais confortável. Fuja correndo dos de couro ou sintéticos.

 

Use meias

De uns tempos pra cá é mais fácil encontrar meias de algodão coloridas e estampadas. Elas podem ajudar a levantar sua produção e ajudam a ter conforto nas caminhadas mais longas. Numa boa, desista definitivamente das brancas até pra ir à academia. 

Please reload

Destaque

O que comprar em promoção?

08.07.2019

1/6
Please reload

O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now