Oliva Gastronomia, em Petrópolis

22.06.2015

Quem mora em Natal sabe bem que em bairros como Petrópolis a gente sai olhando as novidades. Sempre há, mesmo que seja em tempos de crise ver que muitos espaços legais estão fechando as portas. Enfim, outro dia passei meio apressado, mas não pude deixar de notar um restaurante novo, aparentemente pequeno, localizado em uma galeria na Rua Seridó, numa espécie de vitrine. Estava lotado!

Marquei aquele endereço e fui num dia mais tranquilo, quando as pessoas costumam comer pela orla e abandona os espaço mais comerciais. Era uma sábado e, além da minha, havia mais umas cinco ou seis mesas ocupadas. Estava bem tranquilo e pude perceber que o espaço não é tão pequeno assim, cabe talvez mais de 50 pessoas. Chama-se Oliva e você também devia ir conhecer. 

A decoração é simples, mas bem charmosa, o atendimento é bacana, sem pecar nem ter tanta frescura, os pratos são gostosos e o preço numa média bem interessante. Enfim, um ótimo custo benefício.

Comecei com uma bruschetta do oriente (R$17), com homus e lascas de pernil de cordeiro. Confesso que esperava que a pasta de grão de bico estivesse um pouco mais cremosa. Não tenho nada contra manteiga – muito pelo contrário! -, mas a que veio à mesa estava bastante amanteigada.

Não foi nenhum pecado, mas achei muito estranho o “homus” está escrito com a grafia errada. A descrição do prato no cardápio estava como “húmus” e todos nós sabemos que húmus é matéria orgânica em decomposição, que a gente usa como adubo na hora de plantar, né?

O prato principal me ganhou totalmente: básico e super saboroso. Salmão grelhado com redução de balsâmico e mel de engenho (R$ 39). Não sei como o pescado é grelhado, mas ele não estava com o gosto excessivamente azeitado e tinha uma crocância tão incrível que parecia que tinha sido frito. Todo o cardápio foi elaborado por Eugênio Cantídio, chef que já criou propostas interessantes para muitas casas aqui no estado e, portanto, dispensa apresentações.  

Provei do prato ao lado, só pra ver se eu tinha dado mais sorte, mas o camarão do Vinhedo, salteado com cogumelo de bacon e servido com molho de vinho branco e mostarda (R$ 39) também estava elogiável.

O cardápio de doces não tem erro. É enxuto, com apenas quatro opções de sobremesa, mas elaborado por Rafaela Fontes. Chocólatra assumido, fui de bolinho de chocolate belga, servido com brigadeiro quente (R$ 14). Minha amiga Flávia Pipolo estava comigo e não se conteve, publicou um vídeo no snapchat enquanto eu derramava o brigadeiro sobre o bolinho. Um tremendo estrago!

Lá no meio da tarde (sim, o almoço sempre pode ser estendido com um bom papo) eu avistei a Marina Mello Costa. Ela é uma moça bem bacana e criou com uma sócia esse novo espaço há cerca de três meses. Fiquei mais feliz ainda por ver que o projeto está dando certo. 

Andei pesquisando aqui pela internet e vi que o restaurante tem um menu executivo de segunda a sexta. É uma ótima pedida para começar bem a semana. 

 

Oliva Gastronomia Internacional

Endereço: Rua Seridó, 743, Petrópolis. Natal/RN.

Telefone: +5584 2020.7676

Site: olivagastronomia.com.br

 

 

Please reload

Destaque

O que comprar em promoção?

08.07.2019

1/6
Please reload

O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now