Aposta fitness: Under Armour

Cristiano_Félix___Under_Armour.jpg

Sempre fui à academia quando dava, quando o trabalho permitia e ainda restava pique. Agora que passei dos 30 e consigo fazer meu horário, coloquei entre as metas de 2015 transformar essa eventualidade em hábito. A dieta está funcionando, os treinos também e, em meio dos preparativos para a luta diária, acabei descobrindo muitas coisas legais. Uma delas é a marca Under Armour (#nãoéjabá).

Sim, nós homens sofremos no quesito vestuário, sobretudo quando se fala em fitness. Num mercado global dominado por Nike e Adidas, sobram poucas opções que se diferenciem. A Under Armour me preencheu essa sensação de vazio. Venho provando as roupas e tênis e gostando de toda a linha.

A empresa é norte-americana, fundada em 1996, mas desembarcou aqui no Brasil apenas no ano passado. Ainda não começou a apostar no futebol, restringindo a operação ao produtor de running e trainning. Além das academias de ginástica e musculação, as corridas de rua – todos sabem – se tornaram muito comuns de uns tempos pra cá. Então, pode ter sido essa uma boa estratégia.

Vi aqui na internet que talvez o nadador Michael Phelps compita nos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio com apoio financeira da marca. Talvez seja uma boa oportunidade pra mais gente conhecer os produtos.


Tênis___Under_Armour.jpg

Do que eu mais gostei? Primeiro os tênis são levíssimos, sem costura, feitos para alta performance de corredores. O que comprei (não lembro o nome do modelo, confesso) tem marcas dos dedos e bastantes brecha de respiração, o que deixa os pés muito confortáveis. Eles têm menos amortecimento do que os que a gente está acostumado a ver, mas são tênis pra velocidade (ótimo pra mim que comecei a correr pra perder a barriga!).


under-armour-clutchfit-drive-mens.jpeg

A vendedora me disse que o pessoal que faz crossfit prefere os de cano alto, tipo o dessa imagem que catei no site da UA. Lá também dá pra conferir as três modelagens das roupas: a compression, que promete colocar os músculos no lugar e reduzir o tempo de recuperação; a fitted, ajustada ao corpo, mas sem compressão; e a loose, com ventilação.

As bermudas e camisetas fitted (só comprei regatas) têm material levíssimo. Me explicaram que é porque os jogadores de futebol americano preferem roupas assim, mais ajustadas ao corpo e fininhas, pra colocar debaixo daquela armadura que protege dos impactos. Pra mim elas funcionam porque tenho a impressão de mais amplitude de movimento.


Cristiano_Félix___academia.jpg

A Under Armou é considerada uma marca premium e por isso mesmo o preço é mais salgado. Mas eu acho que tem valido o investimento, além de me deixar muito contente que uma empresa explicite como característica, inclusive nas suas propagandas, que ela é predominantemente masculina. Gisele Bundchen faz a propaganda, mas e daí?Nada contra o público feminino, mas as mulheres já têm muitas opções.


Gisele _ Under Armour.jpg

Ah, por causa desse universo fitness, também estou aprendendo a fazer umas receitas bem legais. Em breve eu compartilho aqui com vocês. ;)


Onde encontrar: Em Natal a Under Armour é revendida nas lojas Sport Master e na Centauro. Quem mora fora do RN pode procurar o mapa de revendas aqui ou acessar a Netshoes e pedir on line.

#fitness #academia #moda #homem #tênis

Destaque
O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui: