Exposição [Nu] Objeto questiona como você vê seu sexo

14.08.2014

 

Os tempos estão aqui pra provar que nem toda nudez merece ser castigada. Talvez o mesmo não aconteça com o nu artístico. São tantos ensaios expondo a nudez abertamente que, de quando em vez, parece faltar espaço no terreno do criar versus explorar genitálias. Mas eis que chegou Daniel Fama, um fotógrafo cearense radicado em Brasília, e propôs algo diferente: pedir para os modelos escolherem algo que representasse seus órgãos, numa época em que vemos o sexo tratado tão abertamente como objeto.

Não se trata de pudor. Mas, se a nudez representa liberdade, o corpo deveria ser mais livre que o espírito e a própria mente? A resposta é não. Nas imagens dá pra ver claramente que as pessoas se sentem completamente livres – além dos trocadilhos incríveis com a máxima da “panela velha que faz comida boa” e do forte cheiro do sexo suavizado com o melhor perfume francês.

Pra abrir esse post eu escolhi a que achei mais representativa e engraçada pra nós homens. Afinal, quem nunca ouviu falar que o pênis tem o mesmo tamanho do pé? Calçando 42 eu posso dizer que isso é uma baita mentida (desafortunadamente!). O ator Guilherme Monteiro brincou com isso ao posar com seu tênis e fazer uma boa cara/convite.

Outras fotografia e perguntas que fiz ao autor da exposição “[Nu] Objeto” estão a seguir.

 

 

Você acha que, numa época de tamanha exposição do corpo, o nu artístico precisa ser reinventado pelos fotógrafos?

 

Daniel Fama - Eu percebo que existem várias propostas de trabalhos de nu artístico, que vão do sensual, comercial, conceitual até os limites da criatividade do artista em relacionar o corpo com o mercado, com a arte, com conceitos. Estamos sempre reinventando essas ideias e isso é maravilhoso! Se a tamanha exposição do corpo cria a necessidade de reinvenção no nu artístico pela fotografia, isso se dá para que não se caia na banalização - o nu pelo nu. É interessante as várias possibilidades do corpo  em termos de estética, forma e conceito.

 

 

Sua ideia original é mostrar que, antes mesmo do corpo, a mente é que te de estar livre?

 

A ideia original é mostra a relação simbólica que fazemos com o nosso órgão sexual. Que objeto poderia simbolizá-lo? Que bacana os objetos reveladores de cada um (risos).

 

 

Foi tranquilo conseguir quem topasse entrar nessa parada e posar pra você?

 

A proposta foi colocada nas redes sociais e logo um monte de pessoas queriam ser fotografadas.

 

 

A escolha dos objetos para representar o humor e o sexo dos modelos te surpreendeu?

 

Sim! As escolhas são reveladoras e algumas inusitadas. Falar do corpo é um tabu para muitos e ao escolher um objeto para representar uma parte dele gerou um questionamento do por que a escolha de um objeto específico e não outro por parte do fotografado.

 

 

Qual o impacto que você quer que a exposição causa nas pessoas?

 

- Gerar uma reflexão da relação que fazemos com o sexo, corpo. Acho que fica mais fácil quando conseguimos expor isso por meio de símbolos.

 

A exposição acontecerá na galeria do Teatro Dulcina de Moraes, em Brasília, no mês de outubro, com data a ser definida. 

Please reload

Destaque

O que comprar em promoção?

08.07.2019

1/6
Please reload

O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now