Mitos e verdades sobre a cerveja

29.07.2014

A gente já sabe que uma história contada muitas vezes pode ser comprada como grande verdade. Então, nos resta encontrar argumentos pra fazer uma roda de amigos e discutir sobre os benefícios da cerveja. Pesquisei uns bons motivos pra ter esses momentos e sei que eles vão te surpreender.

 

5 Verdades sobre a cerveja

 

1. Queima gordura!

Não é papo de pinguço! Na cerveja há componentes que aceleram o metabolismo e, portanto, ajudam na dieta. Pode degustar sem peso nas consciência.

 

2. Sal, gelo e álcool ajudam a gelar mais rápido

Essa combinação aumenta a superfície de contato e o inventor dela merece nossas palmas. Pra gelar mais rápido, pra cada saco de gelo coloque dois litros de água, meio quilo de sal e meia garrafa de álcool, que rouba o calor enquanto o sal faz com que o gelo demore mais a derreter.

 

3. Faz bem à saúde

Essa não é uma vantagem só dos vinhos. A cerveja é rica em vitaminas do complexo B e antioxidantes que ao lado do álcool ajudam a reduzir em 35% as doenças cardiovasculares.

 

4. Relaxa!

As vitaminas do complexo B são recomendadas para pessoas em situação de estresse e diminuem a fadiga mental. Tá explodindo? Essa é uma solução possível!

 

5. Mulheres devem consumir menos

A notícia não é pra criar alarde entre as feministas, mas o fígado da mulher tem capacidade regenerativa menor que o dos homens. Para elas o ideal é no máximo 350 ml por dia. E nós podemos tomar o dobro.

 

5 Mitos da cerveja

 

1. Deixar a cerveja deitada gela mais rápido

Não é bem por aí. A cerveja deve ser gelada em pé para que a superfície de contato com o ar seja menor. Ela ter de ser resfriada gradualmente. Se não tiver tempo, leve ao congelador nessa posição por 20 minutos.

 

2. Não existe temperatura ideal para consumo

Apesar da cultura de servir geladíssima, muitos degustadores preferem que ela esteja a 8 °C. Isso porque a temperatura muito baixa anestesia as papilas e te fazem sentir e menos o verdadeiro sabor. 

 

3. Não existe um formato ideal de copo para beber

Cada tipo de cerveja é melhor com um formato. A pilsen pede uma tulipa ou caneca. As de trigo copos mais altos e as lambic tem sabores e aromas ressaltados em taças tipo flauta. Mas, se você não quer enchera  prateleira de copos, pode usar numa boa as taças de vinho branco.

 

4. Dá barriga

Aquela dita “barriguinha de chopp” não é culpa dessa preciosidade. Você vai ficar feliz em saber que um copo de cerveja pode ter menos calorias que um de suco de laranja sem açúcar.  Mas, como toda bebida alcoólica, ela precisa ser consumida com moderação. Ninguém sai por aí tomando cinco copos de suco de uma vez, né?

 

5. Não precisa intercalar com copos de água

A nossa bexiga sempre afrouxa em dado momento. E cada vez que você vai ao banheiro abre a torneira e elimina a água ingerida. Mas o rim não manda o álcool pra bexiga. Então, pra beber com prudência e evitar ressaca, é bom alternar cada copo de cerveja com um de água.

 

Mestre cervejeiro

 

Se você já é um bom entendedor de cerveja e quer impressionar a turma, pode bancar o mestre cervejeiro.

No canal do Eisenbahn no youtube existe uma série chamada “Cerveja feita em casa”, que pode te estimular experimentar o processo artesanal.  

 

 

Pra fechar, confira o ranking da Brejas com as melhores cervejas do mundo. 

 

Tags:

Please reload

Destaque

O que comprar em promoção?

08.07.2019

1/6
Please reload

O CRICOFELIX.COM é o site criado pelo jornalista Cristiano Felix sobre tudo o que interessa ao dândi moderno: tecnologia, moda, comportamento, gastronomia etc. As imagens contidas podem ser creditadas ou reproduzidas de fontes externas. Caso você tenha os direitos sobre qualquer imagem publicada aqui e não quiser que ela seja veiculada, entre em contato para que ela seja prontamente removida.  

Categorias:

Comente aqui:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now